Tomate: Agosto é marcado por bons resultados!


Depois de amargar prejuízos entre junho e julho, os produtores de tomate, no geral, fecharam agosto com rentabilidade positiva. Com a desaceleração da primeira parte da safra de inverno, as cotações subiram frente a julho, ficando na média de R$ 37,61/cx (valor ponderado por classificação).

Em algumas praças, como Mogi Guaçu (SP), as temperaturas mais baixas durante a noite controlaram a maturação dos frutos e reduziram ainda mais a oferta. Na praça paulista, o preço do tomate, ponderado por classificação, foi de R$ 43,62/cx em agosto, valor 54% acima dos custos de produção – os quais, por sua vez, ficaram em R$ 28,33/cx. Em Venda Nova do Imigrante (ES), o tomate fechou o mês em R$ 41,12/cx, média 39,4% acima dos custos de produção, de R$ 29,50/cx – redução de 5% frente a julho, devido ao aumento da produtividade.

O clima mais firme, inclusive, favoreceu a produtividade em todas as praças acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea: em Araguari (MG), por exemplo, a média de produção foi de 407,5 cxs/mil pés, para um adensamento de 11 mil plantas/ha. Em Mogi Guaçu (SP), a produtividade foi de 450 cxs/mil pés, para um adensamento médio de 11,7 mil plantas/ha. E, para setembro, a oferta de tomate deve aumentar a partir da segunda quinzena do mês, devido à intensificação da colheita da segunda parte da safra de inverno.

0 visualização

Associação Comercial dos Produtores e Usuários da CEASA Grande Rio e São Gonçalo

Irajá: Av. Brasil, 19.001 - Pav. 43 - Cab. Sul - (21) 3371-0122 / 3371-0156
Colubandê: Rodovia Amaral Peixoto Km 9,5 - Pav. E - (21) 2601-5994