Processamento de cacau na América do Norte cai 10,7% no 2º tri., para 110.776 t


O processamento de cacau na América do Norte totalizou 110.776 toneladas no segundo trimestre de 2020, informou na quinta-feira a Associação Nacional de Confeiteiros (NCA, na sigla em inglês). O resultado representa queda de 10,7% ante igual período do ano passado, quando a moagem somou 124.050 toneladas.

Os dados divulgados pela NCA, vistos como um indicador de demanda, foram fornecidos por 18 unidades de processamento no Canadá, Estados Unidos e México. No segundo trimestre do ano passado, 17 unidades informaram seus números de processamento à associação. Entre as companhias consultadas estão Hershey, Blommer Chocolate, Mars, Cargill, Nestlé, Barry Callebaut, Ecom, Ghirardelli Chocolate e Guittard Chocolate.


Na Europa, maior consumidor per capita de chocolate, o processamento de cacau totalizou 314.108 toneladas no segundo trimestre deste ano, informou nesta quinta-feira a Associação Europeia do Cacau (ECA). O volume representa queda de 8,9% ante igual período do ano passado, quando a moagem totalizou 344.890 toneladas. Segundo a ECA, a queda se deve à desaceleração econômica global, proibições de viagens e bloqueios decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

2 visualizações

Associação Comercial dos Produtores e Usuários da CEASA Grande Rio e São Gonçalo

Irajá: Av. Brasil, 19.001 - Pav. 43 - Cab. Sul - (21) 3371-0122 / 3371-0156
Colubandê: Rodovia Amaral Peixoto Km 9,5 - Pav. E - (21) 2601-5994