Ovos: mercado não dá sinais de melhora e preço sofre nova baixa


 Durou muito pouco a estabilidade nos negócios realizados com ovos brancos e vermelhos. Isso porque de um lado os excedentes de mercadoria continuaram deixando os negócios vulneráveis e, do outro lado, a saída continuou lenta junto ao consumidor final.

Com isso, o produtor de ovos sofreu nova baixa nos preços - 1º da semana, 5º do mês, 36º do ano – significando, porém, valor ainda superior ao recebido na abertura do mês. Novas baixas podem fazer a cotação se aproximar cada vez mais do valor praticado no ano passado. E, diga-se de passagem, com altíssima valorização das matérias-primas nesse período.

A única expectativa do setor de postura comercial para o momento é de que as promoções realizadas possam contribuir para dar maior vazão ao produto e ajudar na sustentação das cotações. Mas, ainda não se percebe um movimento favorável nessa ação. Assim, os negócios devem seguir pressionados nos preços.

0 visualização

Associação Comercial dos Produtores e Usuários da CEASA Grande Rio e São Gonçalo

Irajá: Av. Brasil, 19.001 - Pav. 43 - Cab. Sul - (21) 3371-0122 / 3371-0156
Colubandê: Rodovia Amaral Peixoto Km 9,5 - Pav. E - (21) 2601-5994