Milho: semana começa com B3 em campo misto


A segunda-feira (06) começa com os preços futuros do milho com movimentações restritas e em campo misto na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam flutuações entre 0,63% negativo e 0,17% positivo por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento julho/20 era cotado à R$ 49,20 com queda de 0,04%, o setembro/20 valia R$ 46,90 com alta de 0,17%, o novembro/20 era negociado por R$ 49,04 com desvalorização de 0,63% e o janeiro/20 tinha valor de R$ 50,35 com estabilidade.

Os contratos futuros do cereal brasileiro seguem em meio a influências das movimentações cambiais, do avanço dos trabalhos de colheita e de olho na demanda. Por volta das 09h22 (horário de Brasília), o dólar era cotado à R$ 5,28 com baixa de 0,54%.

Mercado Externo

Já os preços internacionais do milho futuro abrem a semana em alta na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 3,50 e 4,75 pontos por volta das 09h10 (horário de Brasília).

O vencimento julho/20 era cotado à US$ 3,47 com valorização de 4,75 pontos, o setembro/20 valia US$ 3,47 com ganho de 4,00 pontos, o dezembro/20 era negociado por R$ 3,57 com elevação de 4,00 pontos e o março/21 tinha valor de US$ 3,68 com alta de 3,50 pontos.


Segundo informações do site internacional Successful Farming, as cotações saltaram nas negociações da noite para o dia em meio ao clima extremamente quente em partes dos Estados Unidos. As temperaturas em partes de Iowa e Illinois, os maiores produtores de milho, devem ficar em torno de 35 graus hoje, de acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia.

Prevê-se condições quentes e úmidas para a maior parte dos próximos sete dias, embora algumas chuvas também possam estar no radar, disse o NWS.

“As mesmas temperaturas são esperadas em partes do sul do Missouri, o que pode levar ao estresse das plantas em amadurecimento”, comenta o analista Tony Dreibus.

Além disso, a publicação destaca que, alguns traders também podem ainda estar analisando o relatório de plantio da semana passada, que mostrou que os produtores semearam 92 milhões de acres com milho, abaixo das perspectivas de março para 97 milhões de acres.


0 visualização

Associação Comercial dos Produtores e Usuários da CEASA Grande Rio e São Gonçalo

Irajá: Av. Brasil, 19.001 - Pav. 43 - Cab. Sul - (21) 3371-0122 / 3371-0156
Colubandê: Rodovia Amaral Peixoto Km 9,5 - Pav. E - (21) 2601-5994