Melão: Demanda segue aquém da ideal


Com a perspectiva de maior entrada de melões, os preços tendem a se reduzir na Ceagesp em agosto. O cenário de queda já foi observado nesta semana (03 a 07/08), mas atacadistas relataram que o impacto de novas entradas ainda não foi muito grande e que a demanda enfraquecida, desde o início da pandemia, é um dos principais desafios encarados, de forma que resultam em sobras e em margens mais estreitas. Vale destacar que a safra do Rio Grande do Norte/Ceará está se iniciando de forma mais lenta neste ano. Assim, o amarelo tipos 6 e 7 se desvalorizou em 13% frente à semana passada e foi cotado a R$ 28,00/cx de 13 kg no entreposto.

Ao longo dos últimos dias foi registrada maior oferta de variedades nobres, dentre as quais a pele de sapo obteve os melhores preços: média de R$ 33,00/cx de 13 kg. Segundo agentes, os próximos dias são de incerteza para os atacadistas, mas, caso as temperaturas se mantenham um pouco mais elevadas neste inverno e mais cidades do interior paulista caminhem para a flexibilização das medidas de isolamento social, a demanda pelo melão pode aumentar e até favorecer os preços.

2 visualizações

Associação Comercial dos Produtores e Usuários da CEASA Grande Rio e São Gonçalo

Irajá: Av. Brasil, 19.001 - Pav. 43 - Cab. Sul - (21) 3371-0122 / 3371-0156
Colubandê: Rodovia Amaral Peixoto Km 9,5 - Pav. E - (21) 2601-5994